DO THE FUCKING WORK!

Isto é só um post para me dar nas orelhas…
A verdade é que nos últimos anos, se bem que tenho voltado com bastante sucesso aos meus hobbies e às coisas que me dão prazer, tenho deixado para o lado o trabalho que eles me dão. Dúzias de projetos, estão por começar, continuar ou terminar, e este blog é um deles. Mas após uma conversa com um certo senhor americano, que vão poder ver em breve, tenho de fazer das palavras do título deste post o meu novo mantra: DO THE FUCKING WORK!

Por isso, aqui fica uma lista dos principais projetos que vou partilhar e desenvolver por aqui, como forma de me espevitar para os cumprir:

  • Organizar os resumos e expandir a história das campanhas de RPG que tenho em curso, entre elas D&D 5ed. “Perdidos de Zendikar”, VtM “Baltimore by Night”, que tenho jogado e streamado com o meu grupo Royal Fumble Society;
  • Iniciar, desenvolver e terminar projetos de RPG que estão a assombrar a minha criatividade há algum tempo:
    • “GIMP – Gabinete de Investigação Mitológica Portuguesa” – um RPG sobre um grupo de investigadores de ocorrências ligadas a criaturas fantásticas do folclore português nos dias de hoje, com o apoio do “Bestiário Tradicional Português” de Nuno Matos Valente;
    • “Pela Estrada À Pimba” – RPG sobre as agruras e sucessos do mundo da música popular portuguesa, que acompanha as desventuras de um grupo musical pimba;
    • “Interloper” – RPG sobre pessoas assombradas por criaturas de outra dimensão, que lentamente lhes estão a tomar conta do corpo, mente e espírito em troca de poderes e/ou vantagens extraordinárias;
    • “Corações de Aço” – um RPG uber-fantasy, em que não é uma questão de como fazer magia, ou se ela irá funcionar, mas sim se as inseguranças, medos e temores das personagens irão perverter o resultado final. Será uma exploração do caráter de cada personagem, em busca de perfeição consigo mesmo e harmonia com o seu mundo;
    • “Estórias de Tragédia e Triunfo” – um sistema de RPG baseado em 2 decks de cartas de jogo, que eu desconfio já ter sido criado por outro autor nalgum ponto da história, mas que eu sinto que será uma boa experiência de design;
    • “Poker Dice RPG System” – estudo sobre a aplicação e implementação de dados de poker em sistemas de RPG, com eventual criação de setting à altura.
  • Toda uma série de curtos textos e ensaios sobre temas de fantasia e sci-fi, que me vou lembrando de escrever quando a musa me bafeja com inspiração.

Se os últimos anos me ensinaram alguma coisa, foi que criatividade não é só algo que aparece do nada, ela pode ser treinada e aprimorada com estímulo regular. Já conto com larga experiência de criação de histórias para RPGs, e consigo servir-me dela para criar novas coisas num exercício de remistura em algo novo. Durante bastante tempo considerei que apenas o pensamento criativo espontâneo tinha realmente valor, mas o refinamento de ideias e combinação de conceitos têm igual ou mais valor ainda. Sinto que há muito que ainda posso e tenho de criar, e agora pertenço a um grupo de pessoas que consegue entender estas coisas e me pode apoiar nas minhas criações.

Por isso, neste anos de 2019 I WILL DO THE FUCKING WORK!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s